segunda-feira, 2 de abril de 2012

de onde pode sair dinheiro para reposição e aumento salarial?

o que vemos hoje, no que se refere à situação do orçamento público municipal em cruz alta, é decorrente de inúmeros fatores, os quais merecem uma criteriosa pesquisa de ordem quantitativa e, principalmente, qualitativa; portanto, não tendo feito esse estudo, faço apenas uma revoada empírica por sobre os seus aspectos deteriorantes e pinço os que me parecem mais primários e visíveis a qualquer olho nu e de vista curta como o meu!
começo pela protuberância do número de funcionários CC's: é claro que reconheço -como inúmeras vezes já o fiz publicamente- que muitas vezes é necessário contar com a atuação de um CC para a condução de algum trabalho, mas isso deve se dar quando se faz absolutamente necessário e, também, deve ser chamado um CC que demonstre capacidade para desempenhar devidamente o cargo e a função que ocupa... mas, enfim, o que é que acaba acontecendo com esse dispositivo legal chamado CC? é amplamente utilizado como cabide de empregos... serve para remunerar os companheiros de partido e de campanha que, na grande maioria, não tem outro emprego e que só tem uma remuneração quando podem contar com um cargo público! essa é uma prática corrente no brasil inteiro e que em cruz alta também é largamente utilizada!
passemos à protuberância das contratações emergenciais: basta a administração executar concurso público para o provimento de cargos, sem deixar de lado o cuidado na produção do edital e na contratação da empresa que opera o processo seletivo, para que viabilize o ingresso de trabalhadores públicos, evitando a contratação emergencial, cujos trabalhadores, por mais competentes e implicados que sejam com o trabalho, não poderão se manter nos espaços em que atuam, levando consigo, ao final de seus tempos de atuação, grande parte do conhecimento produzido nos seus espaços de trabalho.
enfim, se fizéssemos o levantamento dos nomes de figuras (CC's e CE's) que seriam absolutamente dispensáveis em nossos quadros, além daqueles que produziriam um ganho muito grande se fossem exonerados, já poderíamos juntar um rico dinheirinho pra colocar na conta da reposição salarial.
afora os recursos utilizados no pagamento desses quetais, poderíamos contabilizar, também, a protuberância dos recursos públicos desperdiçados pelo uso descuidado da coisa pública (energia elétrica, água, material de expediente, material de limpeza, material de higiene, combustível, veículos, etc.)... olhando pra essas poucas coisas, pode parecer raso, mas só quem vê o quanto é desperdiçado, sabe o quanto dá no somatório final.
outra questão fundamental refere-se à falta de planejamento, de uma forma geral, em todas as secretarias... hoje temos uma secretaria geral de governo que faz não se sabe exatamente o quê, mas sabemos que não faz o que o seu nome anuncia... no caso das secretarias que desenvolvem as políticas sociais, vemos cada secretaria como uma subprefeitura e, o que é mais grave: fazem questão de burocratizar os processos de trabalho! a falta de planejamento intersetorial faz com que tenhamos, em inúmeras situações, a repetição de ações em várias secretarias e nenhuma acaba sendo resolutiva (isso resulta num absurdo desperdício do dinheiro público)... além disso, vários gestores (das subprefeituras) acabam burocratizando as relações nos processos de trabalho, ou seja, não investem na produção do TRABALHO VIVO que atua com a vida-acontecimento, com a vida-movimento, mas dedicam todo o tempo e a energia possível para se comunicarem com a rede (setorial e intersetorial) através de ofícios e documentos paralisantes!
já, doutra banda, vemos algumas secretarias que simplesmente não justificam a existência, assim como, algumas coordenadorias (com status de secretaria adjunta) que também não se justificam, exceto pelo fato de  servir de cabide de emprego ou de cumprimento de acordos eleitoreiros.
afora isso tudo, podemos olhar para os vários eventos públicos e pseudo-populares que são realizados com altos investimentos de dinheiro público, mas que na verdade servem somente à diversão de uns poucos, sem contar que são eventos absolutamente pontuais e que não produzem outros movimentos subjetivos, humanos, políticos e sociais na comunidade... usemos o exemplo do carnaval, que utilizada vastos recursos públicos para uma festa de competição, que deixou de ser popular e, cujos recursos, são destinados sem a garantia da contrapartida de desenvolvimento de ações culturais, de lazer, etc. de cunho efetivamente popular... no mais, não sei se alguém consegue chamar de festa popular, um evento que coloca algumas escolas de samba em disputa, desfilando entre tapumes, dentro dos quais se encaixa só quem cabe na moldura! poderíamos trazer outros exemplos (coxílha, etc.), mas um ou dois já amparam a problematização!
assimassim, poderíamos seguir o levantamento empírico dos nós de que poderíamos retirar o dinheiro para a reposição e o aumento salarial, mas acho que esses que já consegui elencar de forma bem rasa, já dão o que pensar!

54 comentários:

  1. PROS AFILHADO QUE MAMAM NAS TETA CHEIA DA PREFA É MAIS IMPORTANTE CONTINUAR MAMANDO. PORISSO ELES MANDA PROJETO PRA CAMARA DIZENDO QUE NÃO FALTA DINHERO. SO PRO AUMENTO FALTA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na verdade falta é planejamento, decência, racionalidade e vontade política para dar conta desse furdunço todo!

      Excluir
  2. A SMDS pode ser um bom exemplo a ilustrar o texto. Criou se a Secretaria de habitação o espaço ficou pequeno escolheram, então um prédio enorme para instalar a SMDS. Fala se hora de 8.000,00, hora de 15.000,00, mas não importa, mesmo que seja um mil não havia necessidade. Por que não utilizar de um espaço publico? O CRAS Comunidade Mãe por ex. daria uma ótima secretaria, o dinheiro de um mês de aluguel pagaria as reformas necessárias. O CRAS ter se ia junto ao centro social urbano, hoje núcleo do idoso. A SMDS não pagaria aluguel e o CRAS seria de melhor acesso aos usuários atendendo ao principio da territorialidade.
    O velho é a centralização como ocorre no caso do bolsa família. Por que não descentralizar, oferecer este serviço nas unidades indo de encontro ao novo, a o estabelecido na Política Nacional de Assistência Social.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. até hj não foi possível entender o que possa justificar o investimento que está sendo feito naquele elefante branco em que colocaram a SMDS... e não é só investimento em locação, mas tb na reforma e adequação do espaço!
      certamente a SMDS é uma das secretarias que, guardadas as devidas proporções, mais gasta em locação de imóveis.
      se houvesse planejamento e uso racional do dinheiro público, certamente apareceria muito dinheiro que hj vai pelo ralo!

      Excluir
  3. Se esta tal de secretaria geral do governo service pra alguma coisa podia ver essas barbaridades aí. Se não enchergam é porque não querem ver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada cargo e cada secretaria inventada tem sua razão de ser, lúcia! nós ficamos nos perguntando como é que a pessoa responsável por essa secretaria não ve essas coisas, mas talvez teríamos que nos perguntar sobre quem pensa e arquiteta essas articulações que resultam em tamanho abuso para com a coisa pública!

      Excluir
  4. A tal de secretária geral de governo é cega e surda mas consegue praguejar o tempo todo que os servidores paralisados sejam uns vagabundos. Acho que se paralisação é motivo pra chamar as pessoas de vagabundas então a metade da administração é de vagabundos porque tão sempre paralisados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. penso que talvez deveriam olhar para aqueles que realmente não trabalham e não têm noção do que deveriam fazer nos cargos e funções que ocupam... se olhassem pra esses, poderiam tecer essa avaliação!
      além disso, poderiam ter feito funcionar efetivamente o processo de avaliação de desempenho no estágio probatório e a definição de critérios mais consistentes para o concurso público... se o fizessem e tb, se respeitassem os trabalhadores cuja postura de trabalho seja sustentada pela seriedade e capacidade, o quadro do trabalho público em cruz alta com certeza seria bem outro!

      Excluir
  5. Servidor Concursado3 de abril de 2012 19:54

    Alguém acredita mesmo que eles cortariam os empregos e os salarios que criaram pros terneros? Acho que tem que fala os nome dai possam começar a trabalhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também acho que, em se tratando da coisa pública, temos que colocar os nomes e tudo o que for necessário, publicamente!

      Excluir
  6. Bom para nós Trabalhadores do SUAS começou a valorização em contexto nacional, a ultima conferência de assistencia social teve como tema central Consolidar o SUAS e Valorizar seus Trabalhadores", em novembro de 2011 saiu uma orientação citando que 60% dos recursos vinculados podem ser utilizados em folhas de pagamentos de servidores publicos concursados, isso demostrou que na implantação do SUAS o maior valor da materialização do sistema é o trabalhador é a formação de um quadro de trabalhadores com Plano de Carreira, Cargos e Salarios, especifico da Politica de Assistência Social, porém não é esse o foco da politica de Assistência Social de Cruz Alta, no ano de 2010 e 2011 a maior parte do recurso financiou comida para o restaurante popular e lanches para as atividades de comemorações e outros quetais.
    O recurso próprio que a nossa administração publica passou para assistência social custeou muitos aluguéis.
    A secretaria foi para um prédio de R$6.200,00, pagamos mais de 15mil em aluguéis mês.
    Hj com o dinheiro que vai no Restaurante Popular no ano da pra construir 4 unidades de assistência social cada uma de 200mil, o foco da antiga gestora nunca foi a SUPERAÇÃO DA EXTREMA POBREZA OU O TRABALHO COM AS FAMILIAS EM SITUAÇÃO DE POBREZA, o grande enteresse dessa candidata a vereadora foi o publico do restaurante popular, as mulheres dos clubes de mães e a ARCA, tanto que pintou o quiosque do ginasio com recursos da politica de assistência social.
    Bom hj são mantidas algumas ações que devem ser repensadas, calculadas para ver se vale a pena manter.
    Essa idéia da secretaria ir para a cede do CRAS Comunidade Mãe é boa ai seria a economia com certeza de mais de R$74.400 ano.
    Cada CRAS hj recebe R$9.000,00 isso é R$18.000,00 mês isso é aproximadamente R$10.800,00 MÊS PARA FOLHA DE PAGAMENTO DE TRABALHADORES CONCURSADOS NOS CRAS.
    Bom o CREAS recurso federal de mais de R$10.000,00 mês deste recurso R$6.000,00 pode ir para pagamentos de TRABALHADORES concursados pela nova lei
    fora os outros mais recursos que recebemos como IGD, como recursos para alta complexidade, PROJOVEM ADOLESCENTE
    Esses recursos não foram investidos 2010 e 2011 na ação para superação da extrema pobreza em Cruz Alta, pois bem lembro que nós das equipes de CRAS trabalhamos sem nada, para desenvolvimento de ações com familias em extrema pobreza, em 2012 diz que vai custear as ações do plano de ações feito pelas as equipe mas estamos esperando as compras dos materiais listados.
    Mas vejamos bem agora na nova gestão da SMDS não tem mais aqueles gastos com o seu ALEX do som, sempre era ele que ganahava as licitações, o ano passado ganhou uma nota preta para fazer aquelas parafernalias que mais espantavam nossos usuarios das conferências do que os acolhiam, quem não lembra dos holofotes ridiculos com telões. Hj não tem mais isso então é economia ou sera que ela gastou todo o dinheiro por isso não tem mais.
    Nós da SMDS também podemos montar uma comissão de trabalhadores para apontar cortes no orçamentos, tem muita gente que não precisa estar lá, que não trabalha e recebe bem por mês. Vamos fazer economia sim CONSOLIDAR O "SUAS" E VALORIZAR SEUS TRABALHADORES!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é isso, carine! temos que dar visibilidade para essas informações... hj mais colegas tb manifestaram essa intenção...
      hj ouvi uma pessoa comentando sobre a proposta do sindicato de montar uma comissão para analisar o orçamento da prefeitura e propor mudanças... a pessoa, sem olhar pra ver quem estava perto, disse: "imagina que eles acham que podem nos dizer o que é que o governo deve cortar"!
      saí pensando que o orçamento participativo deve colocar em pauta essas questões tb, pq isso não é uma mera questão numérica relacionada à remuneração das pessoas e sim, uma questão fundamental que interfere em todo o pensar e o fazer do trabalho público! interefere absolutamente!

      Excluir
  7. Carine tu sabe dizer quanto vai no aluguel da cada do bolsa família?

    ResponderExcluir
  8. Pelo que me falaram o sindicato fez proposta de criação duma comissão prá estudar esses cortes. Alguém sabe me dizer se foi mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi, sim, márcia! falei um pouco disso em comentário anterior.

      Excluir
  9. vamos economizar começando na SMDS, por quem não trabalha, por quem não sabe o que é o trabalho e por quem é vagabundo mesmo:
    Catia Dal Molin 40hs 2.245,00 reais mais 100% INSS = 4.490,00 mês para folha de pagamento.
    Betania Coordenadora CREAS suspeita-se que é a mesmo cauculo, salario 40hs 2.245,00 reais mais 100% INSS = 4.490,00 mês para folha de pagamento.
    Moisés salario 40hs 2.245,00 reais mais 100% INSS = 4.490,00 mês para folha de pagamento pior pago com recurso do programa projovem adolescente uma parte.
    Marlise salario 40hs 2.245,00 reais mais 100% INSS = 4.490,00 mês para folha de pagamento pior pago com recurso do programa projovem adolescente uma parte.
    Graciele Paixão ganha aproximadamente uns 1.500,00 reais mais 100% INSS = 3.000,00 mês para folha de pagamento.
    tem mais gente que não trabalha ai nessa secretaria que da pra da cabo e fazer economia, vamos deixar os que trabalham esse uma hara damos nomes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que é importante mostrar os nomes, tb, das pessoas que são CC, CE ou outros cargos, as quais trabalham e justificam suas contratações... penso que seja importante fazer isso, principalmente para que se possa visualizar a diferença de atuação de um para outro!

      Excluir
    2. olha concordo que tem muita coisa errada e é preciso fazer algo mas acho estranho os valores aqui postados uma vez que o INSS é de 20% e que existe as exeções, inclusive tem pessoas que deveriam ganhar mais pelos otimos serviços prestados.

      Excluir
    3. sinto que esse blog esta fazendo politica esgrota esse nome aos bois deve colocar seu nome lá pois deve ser uma das pessoas que lá tambem trabalham, pois tem muita gente la que merece, muita coisa tem mudado menos o pensamento de algumas pessoas que não fazem sua parte e por serem concursada se acham melhores que outros e fazem muuuuiiiiitttooo menos e quando puderam fazer algo arrumaram desculpas esfarrapadas

      Excluir
    4. Oi Veronica, trabalho na educação e acompanho este blog porque é um lugar onde encontro muita coisa boa pra ler e pensar, e nunca vi aqui em nenhum momento a Diello ou qualquer outra pessoa fazendo política escrota -que tu chamaste de esgrota. E se pra ti colocar em debate as coisas públicas seja escroto, certamente tu estejas no lugar errado, ainda mais se tu fores um CC ou contrato emergencial. Se tem algo a questionar nos colegas, dá nome aos bois também.

      Excluir
    5. Leonardo Santos Marido Graciele Paixão4 de abril de 2012 13:19

      crescer rebaixandos os colegas? Pois bem sou marido de graciele paixão e ela recebe R$1508,00 com os descontos sobra menos de 1200,00 como ela desconta aproximadamente R$ 135,00 de INSS a prefitura apartir do caixa proprio recolhe a diferença que é mais 11% isto é mais R$165,88 que a despesa com ela fica em torno de 1.673,88 longe dos R$3.000,00. para quem passa ou necessita do CRAS comunidade Mãe nota a discrepancia da diferença, um CRAS organizado com levantamento de estoque (comprado por coordenadores anteriores) que gastaram desnecessariamente e nada realizaram com as tais compras. A motivação lá apesar de alguns funcionarios que em nada colaboram mais sempre criticam e quando foram coordenadores nada realizaram. vejamos umas das coordenadoras anteriores usa como desculpa que foi perseguida, me pergunto porque colocaram ela lá apenas para ganhar a diferença por FG de R$1.100,00 além do salario e não realizar seguer uma ação. e o coordenador anterior? só estava mamando? fez o atual orçamento de R$9.000,00 juntamente com a sua turma e não realizou nada no periodo que lá esteve por qual razão,tambem foi perseguido. Me pergunto se quando são nomeados a administração pensa quem vamos colocar lá para perseguir? Após anos ao finalmente alguma coisa começa a andar o CRAS começa a receber alguns elogios algumas pessoas ficam despregiadas por não estarem de coordenador. Passem e entrm no CRAS Comunidade Mãe e olhem a diferença de 1000%.
      Chamar uma mãe de familia, ótima esposa de "vagabunda" que palavras pode ser usada para quem lá esteve, nada fez ha não ser usar desculpas por nada fazerem.
      Para estas pessoas aqui vai uma diga: Batalhem e mesmo assim muitos nunca algançaram,pois não basta ter boas intenções, tem que ter boas atitutes

      Excluir
    6. Verônica querida, eu não trabalho lá na assistência e sim numa secretaria onde tem como sabe os nomes e os ganhos. Até por isto não posso dize meu nome. Tu acusa a pessoa errada.

      Excluir
  10. na antiga casa do Bolsa Família em frente a Quero-Quero não lembro muito bem mas acredito que uns R$1.500,00 + UNS R$1.200,00 Banco de Alimentos e outros como abrigo, ASEMAS que ainda estão enrolados

    ResponderExcluir
  11. Sim temos o exemplo dos CONTRATOS EMERGENCIAIS da Assistecia social Elaine AS no CRAS Mãe, a Psicologa no CRAS Sol são pessoas que trabalham, a Renata Psicologa e Roberto advogado no CREAS somaram pra trabalhar.
    Exemplos de CCs: Fernadinha do Administrativo CC trabalha, a Joelma CC no CRAS Sol Tabalha muito, Rosita da Cozinha Central Trabalha muito
    Vamos pensando e postando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonardo Santos Marido Graciele Paixão4 de abril de 2012 12:55

      tentar crescer rebaixando outros não parece de bom tom para quem tem nivel superior "ao menos no curriculo...". Minha esposa recebe 1508,00, com os descontos sobra menos de 1200,00, como ela recolhe 9% de INSS R$ 135,72 a prefeitura do caixa unico recolhe apenas a diferença que é 11% R$ 165,88 portanto a despesa com a graciele paixao é de R$ 1.673,88 longe dos R$3.000,00, pois bem vejamos o orçamento de aproximadamente R$9.000,00 é gasto conforme o plano de ação elaborado pelos coordenadores anteriores que lá estiveram e que nada realizaram porquê? uma das coodenadoras anteriores ganhava além do seu salario de concursada 20hs mais FG de aproximadamente R$1.100,00 e como desculpa de não realizar nada é que a administração era contra ela me pergundo colocaram ela lá por qual razão. o coordendor anterior que lá também esteve e vez o atual orçamento não pode realizar alguma coisa por que razão? quem era contra ele ou ele não queria só mamar na administração. Hoje o CRAS Comunidade Mãe após longos anos finalmente começa a receber elogios (motivos os quais parecem que levaram a inveja de algumas pessoas)por finalmente conseguir colocar em praticas os planos que não foram realizados anteriomente, para conferir basta entrar no CRAS e olhar a diferença, para alguns pode não ser muito mais para quem esta lá ou necessita de algum tipo de atendimento nota a discrepancia, uma vez que pela coordenadora foi realizados após anos a organização do espasos a conferencia e levandamento de estoque o qual possui muitas compras realizadas desnecessariamente pelos coordenadores anteriores, a motivação parece que esta em 1000 % melhor já que algo é realizado no CRAS Comunidade Mãe. chamar minha esposa e mãe de familia de "vagabunda" sobra o quê, que palavra pode se usada para quem lá esteve e nada mais, nada mesmo além de receber a diferença salarial fez. quem quer fazer a diferença une forças para melhorar não inventa (mente) para distorcer a realidade. Batalhem e mesmo assim muitos não chegarão lá, pois não basta parecerem boas pessoas precisam demonstrar com atitudes e sem preconceitos

      Excluir
    2. Leonardo Santos Marido Graciele acho que tu não entendeu que estamos falando de trabalho público, pago com dinheiro público e num órgão público, e não tem nada de ofensa pessoal no que estamos falando. Porque se a pessoa tem capacidade ninguém vai achar que seja injusto ela ser bem remunerada. E a pessoa citada aqui foi a Graciele e não tu, sem contar que os servidores tão sendo chamados de vagabundos, então pelo que entendi alguém tentou dizer aqui que deveria ser usado esse termo pra quem não trabalha ou não tem condições de desempenhar o cargo a que é contratado. Não vi em nenhum lugar alguém chamando tua esposa de vagabunda até porque esse CRAS que ela dirige nunca foi tão bem administrado como tá sendo por ela. Já trabalhei na assistência e sei do que tô falando.

      Excluir
    3. Leonardo Santos Marido Graciele Paixão, volto agora com mais tempo pra dizer que eu estava ironizando sobre que o CRAS nunca foi tão bem administrado como agora. Ironizando não porque tua esposa seja formada por educação à distância, mas porque ela teve uma formação muito deficiente e não tem capacidade pra ocupar o cargo que ocupa. Acho meio estranho uma servidora que ainda necessite que o marido a "defenda" publicamente. Acho estranho porque fica parecendo aquele tempo do ariri pistola em que a mulher era objeto do marido e só ele tinha a vez e a voz, o que dava o direito até do marido bater na mulher.
      Eu me desculpo pela franqueza mas tu deste margem pra isso. E tu como marido proprietário te dá o direito de julgar servidores que foram e são muito competentes no que fazem.
      Acho muito estranho e motivo pra fazer um procedimento administrativo o fato de um marido que nem servidor é, falando sobre as coisas do trabalho da esposa. Já vi muita diretora de escola ter marido assim e na verdade fazia muito tempo que eu não via uma coisa assim.

      Excluir
    4. Nome aos bois "o exemplo dos CONTRATOS EMERGENCIAIS da Assistecia social Elaine AS no CRAS Mãe".
      Vc sabe o motivo que ela foi contratada?
      ela é prima da ex secretária Gisélia.
      Este sim o motivo.

      Excluir
    5. Mesmo que tenha sido esse o motivo da contratação, não se pode ignorar a capacidade de trabalho da Elaine. Ela é uma profissional de respeito, que conhece as políticas públicas e que tem conhecimento da profissão. Ela não é uma analfabeta na profissão dela. O que tá em questão é a capacidade de trabalho e não o fato de ser CC ou contrato emergencial.

      Excluir
  12. Engraçado,mas a atual secretária da SMDS,esteve trabalhando por alguns dias no Lar Dona Emilia como cuidadora.Percebeu que lá o espaço físico não dava conta do número de usuários.A solicitação de um novo espaço era uma constante;
    Agora, há poucos dias atráz,ficaram quase um mês,usuários e funcionários usando um mesmo vaso sanitário e um único chuveiro (em torno de 30 pessoas).Agora eis que arrumaram os demais banheiros...
    Não há espaço para exatas 22 crianças brincarem,é só passa lá na frente pra vê!
    Enfim,onde quero chegar;A atual secretária teve a cara de pau de ir até o Lar numa conversa de forma muito sutil,dizer que não adiantaria a paralização (como que num suplício para que os trabalhadores lá não adericem a paralização).Pois bem sabe ela, que o efetivo lá não da conta ,tamanha demanda.
    Mas enfim,pra terminar minha reflexão:
    Parece que agora terão um novo espaço... Milagre!!! Não sei... só sei que é assim...
    Tem gente lá falando em pagar promessa caso isso ocorra ...
    Mas se isso acontecer,com certeza não justifica a falta de verba para o aumento de salário.

    ResponderExcluir
  13. Diello tu sabe dizer se a Fernanda filha da Natália é CC?

    ResponderExcluir
  14. Já trabalhei 20 anos na educação municipal e agora fico acompanhando a luta dos colegas que realmente são trabalhadores e aí olho e vejo tanta gente que fez EAD e acha que fez alguma formação. É triste ver isso. Fico feliz vendo que tem muitos colegas que tem coragem de dizer o que antes ninguém tinha coragem de falar. Muita força pra vocês colegas.

    ResponderExcluir
  15. carine em resposta a Leonardo Santos Marido Graciele Paixão4 de abril de 2012 20:01

    Caro Leonardo Santos, Marido Graciele Paixão
    Um Coordenador de CRAS sempre recebe FG3 isso é 220,00 não sei muito bem quanto é hj mas não mais que isso, mas isso para coordenar cada CRAS de Cruz Alta temos um plano que especifica cada FG do SUAS para cada coordenação da SMDS, isso ocorreu para que nosso município receber gestão plena na Assistencia Social, maior financiamento do governo federal, para isso tinhamos que apresentar proposta que fosse parecida com um plano de cargos, carreira e salarios, pois uma diretora de escola recebe FG.
    Quando assumi a Coordenação da Basíca em Cruz Alta minha FG era a FG6 uns 700,00, para responder por todos os serviços e gestão do recursos de proteção social basica, SABIA TAMBÉM QUAL ERA A INTENÇÃO DE ME LEVAREM AO CENTRO, MAS COMO OS COLEGAS DE CONCURSO ACREDITAVAM QUE ERA IMPORTANTE ALGUÉM QUE JÁ TIVESSE EM UMA UNIDADE DE BAIRRO PARA MEDIAR AS COISAS COM O CENTRO, AFINAL SEMPRE FOMOS ESQUECIDOS LÁ NOS BAIRROS.
    Eu não consegui fazer o que tinhamos sonhado com as equipes de CRAS, mas fizemos e fazemos muitas ações que os usuarios sentiram seus direitos garantidos.
    Quando fui para a SMDS sabia que não iria durar e foram 9 meses de coordenação no Centro com muita luta caimos mas com dignidade, AFINAL DE CONTAS NÃO CONSEGUIAMOS FAZER O VINCULO DO RECURSOS COM AS AÇÕES DESENVOLVIDAS!
    Olá se encontravam era de um programa chamado EMANCIPAR do governo federal e com muita briga conseguimos fazer algumas coisas baixar lá, quando a Graciele assumiu foi prometido mundo de coisa para ela, o que ela fesz foi distribuira as coisas que algumas eram especifica pro Bairro ESPERANÇA DO PROGRAMA EMANCIPAR, bom a gente sabe que os colegas que levaram pra desenvolver os trabalhos nas outra unidades ocupam para o serviço e as veses ela peleia em liberar.
    Em realação aos trabalhos nos dois CRAS tenho o orgulho de te informar que em documento ofgicial do GOVERNO para monitoramento da implantação do SUAS, nossas equipes foram elogiadas, o unico apontamento foram de ordem estrutura fisica das unidades.
    Em realçaõ ao trabalho da Graciele nunca a chamamos de vagabunda se ela ouviu isso tem que fazer registro de ocorrência, mas como defender alguém que acessa a internet em ambiente de trabalho e pesquisa modelos de quartos de motel, sim isso aconteceu e com o testemunho de todos os tecnicos da equipe, como defender alguém que coloca uma TV em horário de expediente na recepção do CRAS faz pipoca e assiste o ultimo capitulo de MULHERES DE AREIA, com o testemunho de assistente social de outra equipe que chegou lá e viu, FAZ UM FAVOR da um toque pra ela manera nisso que fica dificil defender essa postura profissional dela e tenho certeza que se vc perguntar pra ela, ela não vai nega, porque tem muitas testemunhas dessas atitudes dela em horarios de expediente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois ver uma tv é o maximo que pode falar toque proficional que proficional vc se consideram batendo boca num site.
      esta tua postura é pior que ser assistende social Ead
      não preciso e nunca precissei que vc defenda minhas atitudes no cras vc sim que se defende e tem que se defender, pois te garando que ver tv uma única vez não chaga aos pés dos teus barracos e palavreados não respeitando nem o usuarios que estão por lá.
      a me desculpa TODOS TE CONHEÇE...

      Excluir
    2. Olha, por falta de tempo, fazia uns quantos dias que eu não entrava no blog da Diello, mas é um lugar muito importante para as minhas leituras e informação, e também pra formação. Ontem uma colega me falou pra dar uma olhada aqui e tive que ler todos os comentários atentamente pra entender o que se passa nessa história do CRAS. Acredito que esse comentário acima seja da atual coordenadora de lá e se for, como frequentadora assídua deste espaço peço uma coisa, peço que tu te retires daqui com tua vulgaridade. Trabalho numa escola do município e conheço os colegas que trabalham na secretaria de assistência social e nos Cras, bem como, sou acostumada com o bom uso da língua portuguesa e não com esse lixo que estou vendo nesse comentário com um português horroroso e dirigido pra todos e pra ninguém. E me deu nojo dessa posturinha vulgarzinha de guaipeca, quando diz "que proficional vc se consideram batendo boca num site". Ah, guria, vai estudar um pouco. Se quiser a gente arruma uma vaga pra ti no Ensino Fundamental! E tu foste a primeira a vir aqui neste espaço bater boca. Fica uma dica: passa lá na escola que eu te ajudo.

      Excluir
  16. A coisa do motel eu vi e se tu não tem ido comela abre teu olho.

    ResponderExcluir
  17. Eu disse com ela! kkkkkk

    ResponderExcluir
  18. Funcionario de escola5 de abril de 2012 00:43

    Mas bá tche, tem índio mais grosso do que dedo destroncado. De onde me sai um taura desse que fala em nome da esposa?
    Mas só na SMDS mesmo prá acontecê umas coisa assim, porque aqui na escola cada um fala por si e nenhuma mulher depende de marido prá dize qualquer coisa.

    ResponderExcluir
  19. Eu sou servidor da saúde e gostaria de saber se a secretaria esteja com falta de pessoal que explique umas contratações que não tem como entender o pq de terem sido feitas, por exemplo a Ana Claudia que não para em nenhum lugar na Prefeitura e já trabalhou até na Smds e agora na saúde vai de galho em galho. A Juliana que já foi da Smds, do postão e agora é capacho da Natalia. A Ana Paula que é enfermeira e que também já andou por dez lugares sem conseguir mostrar nenhum trabalho além de ser um cavalo com o cidadão. A dupla dinâmica Dóris e Izabel que tão sempre servindo chazinho e bolachinha e que não sabem nem o que é saúde pública. Os médico que não trabalham. Um motorista que foi contratado emergencialmente e que nem sabe dirigir direito. E por aí segue.

    ResponderExcluir
  20. Servidor Escravizado e Mal Pago5 de abril de 2012 01:48

    Alguém pode me dizer prá que servem as seguintes secretarias? A do turismo. A da cultura. A coordenadoria de relações comunitárias. A coordenadoria de políticas setoriais, a empresa familiar. A coordenadoria do desenvolvimento humano. A de habitação. A de esporte e lazer.
    Pergunto por que não vejo essas secretaria e coordenadoria fazerem coisas que justifiquem a existência e o gasto.

    ResponderExcluir
  21. Ser assistente social é compreender as atribuições e competências da profissão e, além disso, executá-las conforme o código de ética. A administração pública ao manter um profissional que não tem claro suas atribuições enquanto assistente social e nem mesmo como coordenadora ao ter uma postura de pesquisar quartos de motéis e assistir novela em horários de trabalho e com equipamentos públicos, não só é conivente com essa postura como apóia esse tipo de comportamento dos Cargos de Confiança. Com essa situação podemos perceber que a gestão não está preocupada em desenvolver a política pública com eficiência e sim manter cargos políticos para benefício próprio, ou seja, para fazer campanha e conseguir votos políticos. A gestão não se dá conta que desenvolver a Política Pública com qualidade é garantir direitos a população e, assim, mostrar a população que a gestão não está em garantir benefícios para alguns, mas sim para todos. Garantir direitos a todos é a resposta de uma eleição com dignidade e vencer por merecimento, com a consciência tranqüila por ter feito sua obrigação enquanto uma política transparente e de qualidade.

    ResponderExcluir
  22. Ter coordenação que não consegue argumentos para se defender, necessitando de outras pessoas que fazem sua defesa é perceber suas delimitações. Agora ela necessitou de seu esposo para lhe defender, mas em outros momentos a gestão fez esse papel. Quando Graciele não tem argumentos no trabalho ela busca suporte com a gestão que vai até o local defender a coordenadora que não sabe se posicionar com questões de trabalho. A gestão pede o respeito por uma coordenação que não respeita a Política pública, pois não compreende que está no seu horário de trabalho e precisa desenvolver ações de trabalho , não questões particulares. Será que a administração não se dá conta que está defendendo a postura de uma coordenadora que usa computador publico para ver quarto de motel e que assiste novela em pleno horário de trabalho?

    ResponderExcluir
  23. Colega indignado5 de abril de 2012 14:10

    Gente, eu não acreditei quando conheci essa moça numa reunião e vi que ela não tinha a mínima noção das coisas. Falei para os colegas que ela até fala "O PoBLEMA" e os colegas acharam que eu tava fazendo chacota. Agora estou dizendo pra todos lerem aqui, até pra saberem que "O PoBLEMA" é que o marido pensa por ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela deveria voltar a estudar!! POOOR FAVOR!! q ridículo isso, n sabe escrever e muito menos falar!! em pensar q esse "tipo" é "Chefa" hauhauhaua!!

      Excluir
  24. O motel doze ta 15 pila! So´pra ajudar.

    ResponderExcluir
  25. PETISTA INDIGNADO. POIS É DIELLO, VOLTEI, É QUE ESQUENTOU MUITO O CLIMA NESTE BLOG, DESCULPA, MAS DEPOIS DE LER TODOS ESTES COMENTARIOS...ACHO QUE O MARIDO NÃO DEVE FALAR POR SUA ESPOSA.
    ACHO QUE FIZERAM UMA "PEGADINHA" COM A COLEGA, NÃO ACREDITO QUE ELA TENHA POSTADO AQUELA "BRAVATA" COM TANTOS ERROS DE ORTOGRAFIA, REALMENTE SERIA UM "POBREMA" SE O FEZ.
    ESTOU SENSIBILIZADO COM A CATEGORIA QUE PARALISOU POR SEUS DIREITOS. JUSTA LUTA POR MELHORES CONDIÇOES DE TRABALHO E DIGNO SALARIO, POIS MERECEM VERDADEIRAMENTE O RECONHECIMENTO DESTA ... DESTA... (OH MEU DEUS)...DROGA DE ADMINISTRAÇÃO...PUTZ, DESABAFEI...BOA LUTA. (QUASE EX-PETISTA).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, petista indignado! já sentia sua falta por aqui! estamos numa luta cuja intensidade nunca se viu antes! e no que se refere aos usos da língua portuguesa... são coisas! são coisas! às vezes fica difícil até a tradução!
      abraço grande

      Excluir
    2. É, petista indignado, sabemos que muitas pessoas não conseguiram aprender tão bem a língua portuguesa. Sou professora e fico triste vendo que nossos alunos saem da escola sem terem o domínio básico da língua e do pensamento.
      O que eu vejo de mais grave nessa situação em que uma coordenadora de setor não tem o domínio da linguagem mais básica do cotidiano (maximo,proficional, precissei, garando, usuarios,CONHEÇE), seja no uso das palavras, seja na elaboração do texto, é a dificuldade de pensamento que ela demonstra, ou seja, há pessoas que têm dificuldade no domínio da língua padrão, mas que não têm dificuldade de entendimento e de elaboração do pensamento. Isso sim, eu acho gravíssimo e acho mais grave a administração manter uma criatura assim, que é CC, num cargo que é tão importante para a vida das pessoas. Digo isso porque trabalho com filhos de muitas famílias que são atendidas pelo CRAS que essa criatura coordena e sei como é importante o trabalho dos técnicos do CRAS para a vida dessas pessoas.
      Obs: Não coloco meu nome porque sei como as politicagens dessa gente funciona.

      Excluir
    3. Pura verdade!

      Excluir
  26. Guareschi PREFEITO PT 2013-201610 de abril de 2012 19:40

    Para todos os que julgaram o nosso futuro PREFEITO PT 2013-2016, leiam o que ele falou com propriedade, seriedade, conhecimento de causa e dignidade. Guareschi desabafa sobre polêmico reajuste do funcionalismo
    http://jornalnegocioseoportunidades.blogspot.com.br/2012/04/guareschi-desabafa-sobre-polemico.html?spref=fb

    ResponderExcluir
  27. papéis de embrulho!
    é a garantia de um espaço para todas as opiniões

    ResponderExcluir
  28. TAVA LENDO ESSE TEXTO QUE MANDARAM HOJE PRÁ LER E ME DEU VONTADE DE VOMITAR PORQUE O MESMO JOÃOSINHO DO SINDICATO QUE TAVA LA EM ABRIL DO ANO PASSADO, AGORA TA LAMBENDO AS BOTA DO PREFEITO. E AI FIQUEI PENSANDO NOS DEZESSETE POR CENTO DE AUMENTO QUE O CANDIDATO JULIANO PROMETEU NA CAMPANHA. QUE SERÁ QUE ELE NÃO CUMPRIU A PROMESSA PORQUE TEVE QUE COMPRAR UM CARRO BLINDADO PRA ELE? DEVE TÁ COM MUITO MEDO PRA PRECISAR DE CARRO BLINDADO.

    ResponderExcluir